Social Icons

twitterfacebookShalomvaticanorss feedemail

20 de março de 2011

O quanto você me deixa te amar?

"Para expressar o amor humano a gente usa a poesia; para expressar o Amor Divino a gente precisa deixar que o Espírito nos inspire." (Moysés Azevedo – fundador da Comunidade Católica Shalom)

Segundo texto inspirado pela frase acima. Imagine que Deus te faça a seguinte pergunta: “O quanto você me deixa te amar?” Eu acho que Ele poderia responder algo assim:

Ainda falando sobre o meu amor, preciso dizer que você resiste muito! Não vou te ferir e não pretendo me afastar. Sei que teu coração parece que se “fechou para balanço”, porém, também sei que ele foi muito exposto ao perigo da falsidade, da incompreensão, da indiferença e do desamor. Sei que confiar hoje é um desafio quase intransponível. E sei que o “amor” foi distorcido e foi dividido em pequenos pedaços.

Mas olha, eu jamais mexeria em uma ferida se não fosse para curá-la. Eu jamais te ofereceria algo que não pudesse te dar e eu jamais desrespeitaria a tua história e o que você já viveu. Vou cercando a muralha com cuidado e investigando as brechas. Vou achando um jeito de entrar por onde outros saem. Minhas mãos tocam com suavidade o solo sagrado da tua vida e meu amor vai amolecendo a terra da tua solidão. Meu amor vai dando sentido e trazendo novo ar onde a mágoa tomou todo o fôlego.

Lembre-se que meu amor te traz de volta à vida. Meu amor vence a tua dor. Meu amor te refaz e refaz e refaz e refaz. Não deixes que o medo te proteja do amor, deixa que o amor te proteja do medo. Tenha coragem de arriscar tudo de novo, de se jogar nos braços de alguém novamente. Meu abraço é um lugar seguro. Deixa que eu te ame mais. E só posso fazer isso se eu puder estar mais perto, posso entrar de vez na tua vida?

Um comentário:

- Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade de seus autores e as consequências derivadas deles podem ser passíveis de sanções legais.
- O usuário que incluir em suas mensagens algum comentário que viole o regulamento será eliminado e inabilitado para voltar a comentar.