Social Icons

twitterfacebookShalomvaticanorss feedemail

22 de abril de 2011

O Ressuscitado que passou pela Cruz

Por Felipe Bezerra 
http://shalomfelipe.wordpress.com/

 
Este é o título que nós, da Comunidade Shalom, damos a Jesus. Isso tem muitos significados e não vou ser capaz de falar sobre todos os aspectos deste título, mas há uma que eu gostaria de falar nessa Semana Santa.

Uma vez que Ele ressuscitou dos mortos, Ele não apagou as marcas da cruz. Por quê? Não sou teólogo e não pretendo dar lições sobre as razões que ele tinha, eu só quero compartilhar um pouco da minha experiência pessoal com Cristo ressuscitado e o que ela significa para mim ver e tocar as suas chagas glorificadas.

Mostrando suas chagas gloriosas para São Tomé, Jesus não estava só confirmando que era realmente ele, ele estava mostrando o que Ele passou, e também sua condição real de Ressuscitado. Para mim soa como: "Não se preocupe se você tem que passar por tudo isso que você está passando, a ressurreição está esperando por você". Ou até mais (e é isso que faz a minha alma derreter), eu não preciso curar suas feridas, pois é graças a elas que você vai testemunhar sua própria ressurreição aos seus irmãos. Assim, mesmo que você esteja ferido e você sinta toda a dor e o sofrimento como conseqüências de seus próprios pecados, só saiba que Jesus pode fazer dessas mesmas feridas sinais da sua ressurreição para os outros verem o Seu poder.

Pense nisso antes de pedir a cura de suas feridas(2Cor 12, 7-9). Se você tiver que lutar por paciência todos os dias lembre que ter essa ferida em você pode ser um sinal do poder da ressurreição de Cristo agindo em você para a edificação de seus próximos. Durante as celebrações da Semana Santa, lembremo-nos que toda a dor e os sofrimentos de nosso Senhor viveu não são em vão, mas eles são um lembrete de que nossas feridas também vão ressuscitar. Eu não estou falando sobre a vida eterna, que eu estou falando aqui sobre esta terra. Um dia nós vamos ser capazes de dizer aos nossos irmãos: "Aqui, toca nessa minha ferida, fui ferido por este mundo como você está ferido hoje, mas Cristo ressuscitou, Ele ressuscitou-me com Ele e Ele pode fazer de você um 
nova pessoa, assim como fez comigo." 


Suas feridas não devem ser o centro das suas atenções, nem o pedido de cura o centro da sua oração, deixe Deus ser Deus e fazer o que Lhe agrada com sua vida e você verá suas feridas brilhando como um sinal da Sua ressurreição, em sua vida. Você será capaz de dizer: "Eu não era capaz de perdoar, mas agora Cristo ressuscitou e que eu posso perdoar a todos que me magoaram um dia".

Eu rezo para que você, nesta Semana Santa, possa celebrar os mistérios da morte e ressurreição de Cristo em uma nova perspectiva, a da sua própria ressurreição com Ele nesta vida e na esperança para a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade de seus autores e as consequências derivadas deles podem ser passíveis de sanções legais.
- O usuário que incluir em suas mensagens algum comentário que viole o regulamento será eliminado e inabilitado para voltar a comentar.