Hoje eu acordei, beijei meu Tau, agradeci a Deus por sua eleição por mim e fui em missão...




Hoje eu acordei, beijei meu Tau, agradeci a Deus por sua eleição por mim e fui em missão.  Missão de ser luz no mundo e sal na terra. Missão de estar no mundo, mas pertencendo ao céu.  Vesti meu hábito que não é como o das religiosas, mas a roupa do trabalho do dia a dia: campo de missão para onde sou enviada diariamente. Vesti um jeans que lembrou meu Amigo do Céu, São João Paulo II, quando falava dos santos de hoje. Estou longe de ser santa, mas é o meu alvo, “não por presunção, mas por vocação”. E quero ser santa onde Deus me plantou, na correria do trabalho, nas exigências dos estudos, nos desafios familiares, nas pequenas grandes coisas da vida nossa de cada dia. 

Como é nobre, belo, santo, deixar tudo e partir para outro lugar, sendo tudo e todo para Deus!!! Mas para mim, fica cada vez mais claro que tenho outra missão. Missão hoje é acordar de madrugada para rezar, pois é o único horário possível. Missão hoje é sofrer o cansaço do trabalho secular, sem perder a alegria de ser de Deus. Missão é ter noites sem dormir, preocupada com os que Deus me confiou, deixando o celular disponível nas madrugas para servir... Missão é ir da vigília (do segundo horário) direto para o trabalho e chegar lá sorrindo para testemunhar a graça de ofertar o sono para amar mais a Jesus. Missão é estudar, fazer artigo científico, terminar o mestrado e fazer tudo isso tendo a Deus como primazia da vida. E isso ser inegociável. Missão é enfrentar um trânsito sem igual, aproveitando esse tempo para rezar o terço e o ofício.

Missão hoje é evangelizar o colega do trabalho, a atendente do caixa do supermercado ou do banco, o “flanelinha” da rua, a Dona Lúcia do “carrinho de tapioca” e tantos que talvez só conheçam a Deus se eu apresenta-lo... Missão hoje é o bom dia da segunda-feira, com o sol ainda preguiçoso, depois de um retiro de final de semana. Missão é ser pontual, honesta, profissional, pois se o trabalho é missão, se o estudo é missão, tudo tem que ser feito com muito amor. É tudo para Deus e para Ele, o melhor sempre. 

E depois de tanta corrida, nessa maratona diária para cumprir a missão, beijei de novo meu Tau, agradeci de novo a Deus por sua eleição por mim, pedi perdão depois da revisão de vida (feita em meio a muitos cochilos) e fui dormir pedindo a Deus para multiplicar as poucas horas de sono. Essa oração Ele escuta todos os dias. E Deus, que trabalha até enquanto dormem os seus amigos, me ajuda no outro dia a recomeçar. Quanta paz traz o cansaço do amor! Obrigada, Senhor, por me teres escolhido!

Comentários

  1. Que lindo!! Vou imprimir e colocar no meu caderno de oração pra poder ler sempre e me lembrar de tudo isso todos os dias!! Ser Shalom é bom demais!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

- Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade de seus autores e as consequências derivadas deles podem ser passíveis de sanções legais.
- O usuário que incluir em suas mensagens algum comentário que viole o regulamento será eliminado e inabilitado para voltar a comentar.